Os vereadores de Malhada de Pedras, Bores, Ticha e Edna, entendendo que neste momento em que a população se encontra em isolamento social em decorrência das medidas tomadas pelo Ministério da Saúde e também pela prefeitura municipal, devido a pandemia do Coronavírus,  e que a parcela mais carente precisam de uma assistência ainda mais efetiva; autorizaram que fosse descontado 10% dos seus salários e revertridos em cestas básicas. Os vereadores supracitados fizeram a sugestão para os demais parlamentares da Casa Legislativa e aguardam uma posição. Bores, Edna e Ticha, ainda sugere que a prefeita Terezinha Baleeiro, que já está dedicando todos os esforços no combate a proliferação do Coronavírus, também venha estar subtraindo 20% do seu salário e 10% do salário de todos os secretários para que possa ter o mesmo destino – cestas básicas para as famílias mais necessitadas.
Em contato com a nossa reportagem, os vereadores disseram que esta é uma forma de estar contribuindo um pouco mais com a população neste momento tão difícil. ( Fica o exemplo e a dica)