Com o país ainda tomado pela pandemia do covid-19, o efeito negativo vem refletindo em todos os setores de comercialização, onde  falta  mão de obra  suficiente para manter a produção acelerada que acaba comprometendo a distribuição e aumentando o custo  para os fabricantes, que alegam dificuldade referente ao valor  que vem sendo pago pela matéria prima.

Em Barra do Choça o Blog da Barra visitou algumas lojas de material de construção, onde os comerciantes relataram que houve um grande aquecimento nas vendas nesse período, porém, a escassez dos principais materiais utilizados na construção civil, bem como: cimento, bloco, telhas e madeiras tiveram preços bastantes elevados após a pandemia do covid-19, levando os fornecedores a reduzirem a quantidade de entregas, fazendo com que as lojas  perdessem sua capacidade de estoque, devido  ao crescimento pela procura dos referidos materiais nos últimos três meses.

Mesmo com alta nos preços e vendas regradas desses materiais, constatamos que a construção civil segue firme gerando emprego e ajudando no aquecimento da economia local.

De acordo com alguns comerciantes e mestres de obras ouvidos pelo Blog da Barra, esse crescimento nas vendas do setor de construção civil, dar-se por conta da distribuição que o auxilio emergencial vem injetando no município nos últimos três meses, onde a maioria das pessoas tem aproveitado para reformar e finalizar obras que estavam inacabadas.